Scroll Top

Franchising Franquias

Como Transformar uma Empresa em Franquia

Transformar uma empresa em franquia significa entrar em um tipo de negócio que está crescendo muito no Brasil e oferece uma série de vantagens ao franqueador, como a divisão dos riscos com o franqueado, a maior lucratividade e a popularização de sua marca e os seus produtos, entre outros.

Veja também 5 dicas antes de abrir uma franquia.

No entanto, muita gente ainda fica em dúvida sobre como inserir a sua marca no Sistema de Franchising, que necessita de uma série de procedimentos legais e análises de mercado. Quer aprender como transformar a sua empresa em franquia? Então fique de olho nas dicas que temos para você fazer isso da maneira ideal. Acompanhe abaixo:

7 passos para transformar o seu negócio em franquia

1- Examinando a documentação da empresa

Para entrar no Sistema de Franchising, é essencial que todas as documentações e questões legais da sua empresa estejam em dia. Analise se você tem todos os comprovantes e se há o registro de sua marca, já que esse é um dos requisitos mais importantes.

Caso a sua marca ainda não esteja registrada, será necessário fazer isso junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Você pode conferir como fazer isso no próprio Google, lembrando que não é possível entrar para o sistema de franquias sem ter uma marca própria.

2- Plano de Negócio

Agora, será necessário elaborar um plano de negócio para que você tenha um documento a oferecer para os seus futuros franqueados. No documento devem estar informações como o valor da franquia, o prazo de retorno do investimento, o fluxo de caixa esperado, bem como todas as taxas praticadas no negócio.

Todos os aspectos que se referem ao financeiro da empresa têm de estar detalhados no plano de negócio para os franqueados, pois é a partir desse documento que os futuros parceiros de sua empresa irão se informar e poderão se interessar ou não.

3- Cidades e Regiões

Terminado o plano de negócio de sua franquia, agora é o momento de determinar em quais cidades e regiões a sua marca poderá estar presente, ou seja, elaborar um plano de expansão da sua franquia. Lembre-se, aqui, que é importante escolher lugares os quais você considera que terá maior receptividade da marca.

4- Sistematização

Ao administrar uma rede de franquias, você precisará oferecer um sistema que será responsável por todas as operações das lojas. Crie os manuais de operação, treinamento e os códigos da empresa. Ao entrar no sistema de Franchising, o que o franqueado espera é contar com o suporte total do franqueador. Estabeleça tudo o que se refere a esse assunto.

5- Elaborando contratos

Você terá de elaborar um contrato, que é o documento formal o qual os seus franqueados terão de assinar e se comprometer com o negócio. No contrato devem estar todas as informações e compromissos os quais tanto o franqueador, como o franqueado devem respeitar. O principal documento é o Circular de Oferta de Franquia (COF).

6- Disseminando a marca

Realizados todos os procedimentos descritos acima, esse é o momento de disseminar a sua franquia para vendê-la e apresentar aos futuros parceiros. Para isso, participe de feiras de negócios, palestras e invista em plataformas de divulgação voltadas para o tipo de negócio.

7- Seleção de franqueados

Procure pelos franqueados que não apenas miram a lucratividade do negócio, mas que também estão dispostos a “suar a camisa” pela marca e que, claro, tenham o perfil para trabalhar com o estilo do seu produto.

*Conte com a ajuda da ABF (Associação Brasileira de Franchising), que oferece cursos e palestras voltadas para quem deseja transformar a sua empresa em franquia, além de consultoria especializada nessa atividade.

Comente abaixo
Como Transformar uma Empresa em Franquia
Avalie este artigo
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.